Em alguns segundos os irmãos começavam a ser afetados pela fumaça. Thales, que tuitava no seu celular, nem notou sua vista escurecendo...estava perdendo os sentidos. Foi desmaiando e caindo no colo da irmã.
Hpt - Tha...mas o que... - antes que concluísse percebeu algo estranho ali. E ao notar a fumaça procurou cobrir sua boca e nariz, prendendo a respiração ao máximo.
Desesperada olhou em volta, fechou a saída do ar para conter a fumaça, mas foi em vão. Tinham que sair dali logo, pois seu irmão ainda respirava a fumaça.
Ao tentar abrir as portas notou que todas estavam trancadas. Bateu, tentou sinalizar para alguém que estivesse passando por ali, mas ninguém a ouvia.
De súbito lembrou do celular do irmão...Claro que não teria como ligar para alguém, mas tinha que fazer algo.
Com o aparelho nas mãos mirou bem no centro da pequena janela da porta ao seu lado e deu seu mais forte golpe. Tal foi a força usada por Hipatia que o vidro se estilhaçou.
Com rapidez ela abriu a porta pelo lado de fora e foi puxando seu irmão de dentro do carro.
Hpt - Tha! Tha! Acorda Tha! - gritava e enquanto dava uns tapinhas no rosto do irmão.
Nesse momento já se formava uma multidão ao seu redor, alguns querendo ajudar, mas ela estava apavorada, atenta para algum sinal de vida do irmão.
Thales então começou a se engasgar, com alguma dificuldade para encontrar o ar.
Thl - Cof, cof...ahh! Mas...o que estou fazendo...aqui...o que houve? - perguntou confuso.
Hpt - Graças à Zeus! Ah...a Deus! Você está bem! Nossa o que foi isso tudo?!
Após alguns minutos, depois de todos se dispersarem, os dois irmãos ficaram ainda conversando, sentados à beira da calçada, tentando entender o que tinha ocorrido.
Thl - Quer dizer que você quebrou meu celular?
Hpt - Cê tá de brincadeira, não é? Quase morremos e você se preocupa com um aparelho inútil?
Thl - Acho que você encontrou uma boa utilidade pra ele no fim das contas, não?
Hpt - O que me deixa mais intrigada é que o Petrus não voltou mais...
Thl - Ah, se liga Ti...tá na cara que foi ele quem armou tudo.
Hpt - Mas porquê? Nem conhecemos ele direito...
Thl - Não sei, mas temos que descobrir. Vamos aproveitar e vasculhar o carro pra ver se encontramos algo...antes que as autoridades o levem.
Ambos começaram a vasculhar o carro. Cada um de um lado. De repente Thales se levanta do banco traseiro com um cartão na mão. Analisa e atônito, se volta para a irmã.
Thl - Droga. Você não vai acreditar. Veja isso. - entregou o cartão que tinha apenas uma figura branca desenhado em um cartão de fundo preto.


pentagrama-9bf22.jpg

Thl - O que você acha? Isso é bom ou ruim?
Hipátia ainda estava chocada. Não acreditava no que via.
Hpt - É um pentagrama estrelado! Símbolo dos pitagóricos! Mas o que isso faz aqui? Será que era do tal Petrus?
Thl - Bem...ele pode ser membro da Escola Pitagórica.
Hpt - Meu filho cê está falando da Grécia Antiga...Heloo! Estamos no Século XXI!
Thl - Ok, ok...mas o que vamos fazer agora?

1ª Escolha:
2ª Escolha: